STBNETSTBNET

expiação e purificação

Escrito por Pr. José Rodolfo Nottoli

Expiação e Purificação

     São temas das aulas na cadeira de Metodologia do Novo Testamento.Vamos abordar alguns pontos. Expiação, segundo o dicionário, é cumprimento de pena, penitência. O verbo expiar significa pagar, sofrer as consequências, remir a culpa. No hebraico, o termo é Kaphar propiciar, expiar o pecado. Estes sacrifícios da lei apenas cobriam o pecado de quem fazia a oferta, garantindo-lhe o perdão divino. De acordo com a carta aos hebreus capítulo 10 verso 4: porque é impossível que sangue de touros e de bodes remova pecados, eles ficavam cobertos provisoriamente. Para o ofertante, os sacrifícios eram a confissão do seu merecimento de morte e a expressão de sua fé, e para Deus eram as sombras das coisas futuras, das quais Cristo era a realidade.

     No grego, a palavra expiação é ilasmós, citada na primeira carta de João capítulo 2 verso 2 :e Ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro.

     No livro de levítico a respeito da consagração de Arão e seus filhos a partir do verso 14 diz: então fez chegar o novilho da oferta pelo pecado, verso 15 e o imolou e Moisés tomou o sangue e dele pôs com o dedos sobre os chifres do altar em redor e purificou o altar; depois derramou o resto do sangue à base do altar e o consagrou, para fazer expiação por ele.

1-Aspectos da expiação

Redenção – Mt 20.28
Reconciliação –  II Cor 5.18
Justificação –  Rom 5.1
Adoção –  Rom 8.15
Propiciação –  Rom 3.25


Purificação

Segundo o dicionário, o verbo purificar refere-se a tornar puro, limpar, santificar. No grego a palavra é Katarizo, sendo citada na I carta de João 1.7 e 9: e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado; e se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Em Hebreus 9.22 também aparece esse termo, com o significado de nos lavar, limpar.


A palavra ágios no grego (lê-se àguios) dá a idéia de purificar para santificar-se, como é citada na carta aos Hebreus 10.10: nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas. No verso 12 diz: Jesus porém, tendo oferecido para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à destra de Deus.

No verso 14 cita: porque com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados.

Conclusão

O Velho Testamento estava olhando para o cordeiro perfeito que viria e o Novo Testamento está olhando para o cordeiro pascal que já veio. Ele aboliu na cruz do Calvário os nossos pecados, portando eles não estão encobertos. Estamos limpos e separados para melhor servir o Mestre.


Pr. José Rodolfo Nottoli

 

 

Voltar »